Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

damas



Quarta-feira, 24.11.04

Notação, por Ludoxer

 A NOTAÇÃO

Entende-se por notação o conjunto de signos convencionais que permitem representar todas as posições possíveis no jogo de damas e todas as jogadas que a partir de qualquer delas se podem efectuar. Com eles podemos reproduzir todos os jogos, efectuando os lances pela mesma ordem em que foram executados originalmente e, em  simultâneo, contemplar as sucessivas situações ocorridas no tabuleiro, pensar e compreender o alcance duma manobra ou golpe ocasionados. E melhor ainda que assistindo à sua primitiva criação, por esforço próprio ou pela mão dum experto comentarista, cuja missão principal é decifrar e tornar acessível à compreensão do comum amador do jogo certas malícias e escolhos que os intervenientes reciprocamente foram realizando. E igualmente reproduzir todas as composições para ulterior admiração e/ou análise e consequente apreensão de ensinamentos temáticos e técnicos inerentes ao problemismo.

A notação, que em Portugal se diz corrida, tem pois a virtude de permitir guardar tudo o que sucede ou se planta no tabuleiro, sem o que apenas reteríamos por fugaz instante na altura que presenciássemos. Assim, atribui-se o número 1 (um) à primeira casa do lado das brancas (casa escura do canto inferior direito) e número 2 (dois) à segunda casa, ou seja à casa escura seguinte no sentido horizontal e assim sucessivamente, até à casa do canto superior esquerdo do tabuleiro que é a número 32. Em notação podemos grafar casa de dois modos: “14”, ou #25. No primeiro caso estamos a referir-nos à casa nº 14, ou por outras palavras à 3ª casa do rio (a contagem é normalmente referida ao lado das brancas). No segundo caso estamos a referir a casa nº 25. Com alguns anos (meses) de prática qualquer utilizador do tabuleiro saberá dizer de imediato qual a casa nº 25 sem estar a fazer a contagem exaustiva desde a nº1. Enquanto não se ganha uma desenvolta visão numérica do tabuleiro pode usar-se uma cábula, isto é, um diagrama numerado.

A numeração do tabuleiro constituiu o conhecimento mínimo para ler qualquer texto sobre damas. Os outros signos convencionais são apenas auxiliares e são mais ou menos usados consoante quem escreve. Falaremos deles noutra ocasião.

Negras

notac.jpg

Brancas

Autoria e outros dados (tags, etc)

por lusodama às 22:31



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2004

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930