Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

damas



Domingo, 12.06.05

Correspondência 2

Por Lusodama

Recebemos, por e_mail, de Armindo Gaspar o texto que se segue. Porque faz algumas observações pertinentes, decidimos, com a sua autorização, publicá-lo na íntegra.

"Caro Lusodama

Por falta de tempo, e também por prioridade a outros afazeres, não me tem sido possível enviar-lhe material.

Mas quando for oportuno seguirá.

Gostei do vosso artigo sobre a saudade dos amigos se encontrarem num Café - para uma Bica - e  uma partidinha de Damas.

Penso como esse amigo. O futuro e o desenvolvimento das Damas está na Internet e a mobilização das camadas mais novas só pode ser feito por essa via. O romantismo daquele ponto de encontro chamado Café, onde um tabuleiro separava e unia duas pessoas... diluiu-se tragado pelo tempo. 

Tenho no tabuleiro o Golpe 16 (jogo Cunha/Vieira) que estou a analisar, porque me intrigou como o Vieira jogou antes do golpe.

<<<<<     QUO VADIS DAMAS ?     >>>>

Umas perguntas no ar... Nós portugueses não somos capazes de construir um LudoTeka português?

Aonde estão os nossos dirigentes federativos? Para onde olham? Que pensam eles do futuro da modalidade? Porque não... campeonatos pela Internet? Concursos de problemas! e tantas outras formas de manter os jogadores activos. Por que não estão os dirigentes presentes nos torneios para tentar federar a rapaziada? Um exemplo:  Houve um tempo em que tentei federar-me e escrevi para a Federação, até hoje não obtive resposta.

Então, não são necessários sócios para se obter receitas? 

Porque não se organizam campeonatos distritais, ou uma 2ª. divisão (já que os "mestres" não gostam muito de jogar com os mais fracos).

Lamentavelmente, sempre existiu um elitismo desmesurado por parte de alguns notáveis, cujo comportamento é do tipo - nós é que sabemos e outros não percebem nada disto- e isso é mau !

corresp-2.jpg

<<<<     UMA IDEIA     >>>>

Quando comecei a interessar-me pelas Damas (estas ...ah ah ah ah), sempre quis possuir a Enciclopédia Damista do  Dr. Sena Carneiro e amigos. Mas não foi possível porque me informaram que era para um número restrito de assinantes e "notáveis" e era preciso comprar todos os fascículos até à data da inscrição - o que era impossível naquele tempo - (hoje tenho talvez 65% da obra). Como a obra foi interrompida brutalmente pelas razões que se conhecem, deixo a ideia de (com a autorização da família do Dr. Sena, ou de quem de direito) a obra ser divulgada (por exemplo, talvez página por página no vosso Site) para que todos os damistas possam desfrutar desse extraordinário Tesouro.

O que pensa o meu amigo sobre isto?

Sem mais um abraço."

Nota de Lusodama: Quanto à última questão, tal tarefa requer um trabalho feito por profissionais que não é o nosso caso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por lusodama às 17:14



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2005

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930