Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

damas



Domingo, 05.06.05

O que eu descobri - 1

Ruaz Ramos

“O QUE EU DESCOBRI” é uma nova rubrica de Damas Clássicas na qual pretendo tratar qualquer tipo de Tema.

Transformada a maioria dos Cafés e Pastelarias - onde se jogava e se via jogar e se aprendia a gostar de jogar às Damas - em casas comerciais de exploração muito mais rentável do ponto de vista económico que não do da relação humana, perdido o hábito das pessoas se encontrarem para dar dois dedos de conversa ao sabor duma partidinha de Damas, penso que o futuro da modalidade se encontra aqui, na Internet.

E se é verdade que muitos dos damistas mais velhos resistem a manusear o teclado e o rato, outros, de meia idade,  não herdaram o prazer em criar a Produção Artística ou em desvendar a Solução. Mas a maioria dos jovens, de várias nacionalidades, evoluiu a olhos vistos, graças à Internet.

E é por isso que decidi criar esta nova rubrica. Do Final ao Concurso, da Notícia ao Artigo, do Jogo Prático ao Golpe, tudo servirá se o que eu descobri, por mero acaso ou busca sistematizada, me parecer que vos trará gosto ou interesse. Para uns será uma surpresa; para outros a oportunidade de rever...

Todavia, só poderei orientar o conteúdo da rubrica se for guiado pela vossa opinião.  Seria uma pena que, perante o esforço dos que apostam em dar a conhecer as coisas mais ou menos bonitas das Damas Clássicas, os damistas se limitassem a ler e ficar à espera de mais! 

Penso que grande parte dos damistas não emite opinião por medo de se expor ou, pior,  pela inacção gerada no comodismo. Ora, deixe-se de coisas e escreva uma ou duas frases a comentar cada Tema.  Não precisa escrever nenhum romance...   Essa desculpa de não ter jeito para escrever... O que é preciso é alguns darem o exemplo e começarem. Outros os seguirão.

Vejamos então O QUE EU DESCOBRI  há poucos dias:

Aquando da realização do Torneio 25 de Abril, em Setúbal, durante o intervalo para almoço, passei junto a uma mesa onde Fernando Bernardo incentivava alguns mirones a solucionarem um problema que elaborara havia tempo e em que as Brancas ganhariam.

Dei uma olhadela de soslaio e pensei que nada faria supor que o enunciado pudesse ser cumprido.

As peças, como tanta vez acontece, deviam estar incorrectamente colocadas no Tabuleiro.  Nada disse, para não desmotivar os que tentavam o impossível.

Mas sabia que o desenlace iria frustrar as expectativas... Que lhe parece? Teria eu razão ou não?

descobri1.jpg

Não o vamos deixar na dúvida por muito tempo pelo que apresentaremos a resposta no próximo artigo desta rubrica, para que tenha a oportunidade de, antes de a conhecer, tentar formular a SUA conclusão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por lusodama às 00:40


1 comentário

De Ricardo Leão a 06.06.2005 às 10:12

Numa primeira análise pareceria q as brancas deveriam jogar 14-18 para promoverem a dama. No entanto verifica-se q as brancas ganham com o seguinte lance 12-15.
Caso a dama preta faça 6x20 ou 6x24 (no caso é indiferente) seguir-se-á de brancas 7-11 q obriga a dama preta comer 3 peões 20x18, ficando o único peão branco a comer dama e peão promovendo automáticamente 14x30 e estando assim a partida ganha.
Caso a dama preta faça 6x17, seguir-se-á 5-10 (brancas), 17x19 (pretas q come tal como na outra variante 3 peões), 14x30 (brancas q come tal como na outra variante dama e peão promovendo para dama) e estará igualmente a partida ganha.

Ricardo Leão

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2005

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930